Site Overlay

EUA apoiará fundo para promover safáris ecológicos na África


Uma girafa selvagem e um elefante perto da zona de quarentena do santuário para elefantes Reteti em Samburu, Quênia, em 12 de outubro de 2022 – AFP/Arquivos

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (15) seu apoio à promoção de safáris ecológicos na África.

A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) fez o anúncio durante uma cúpula de três dias com quase 50 líderes africanos em Washington.

O incipiente Fundo de Turismo para a Conservação e as Comunidades da África (ACCT), administrado por investidores e preservacionistas, espera arrecadar cerca de US$ 75 milhões para financiar operadores de safáris em todo o continente.

A USAID prometeu US$ 2,5 milhões para reduzir o risco e aumentar o fundo, que poderia beneficiar cerca de 44 mil pessoas.

O ACCT trabalhará com operadores de safáris em Botswana, Quênia, Namíbia, África do Sul, Tanzânia e Zâmbia.

Uma nota sobre o projeto publicado no início deste ano pela organização de consultoria de investimentos Affect Align aponta que as operadoras de ecoturismo foram devastadas pelas restrições de viagens da pandemia de covid-19.

“O destino de milhões de hectares de terra e de vida selvagem está em jogo”, explicou a Affect Align.

Na cúpula em Washington, os Estados Unidos revelaram sua intenção de investir cerca de US$ 55 milhões na África para melhorar as infraestruturas sanitárias, promover as energias renováveis ​​e combater a fome.




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =