Site Overlay

Estratégias de planejamento tributário para novos negócios


Os impostos podem ser um pouco confusos para os indivíduos, mas quando se trata de empresas, bem, digamos apenas que é um nível totalmente novo de complexidade. Administrar um negócio por si só é difícil. É preciso fazer malabarismos com tantas responsabilidades e com impostos na mistura? Pode ser um pouco de dor de cabeça, com certeza. Agora, se você deseja que seu novo negócio abra asas e cresça, a eficiência é basic. Cada rúpia que você economiza conta e é aí que entra o planejamento tributário. Através planejamento tributário, você pode desbloquear o máximo de benefícios das deduções e isenções fiscais disponíveis na Lei do Imposto de Renda. Isto é especialmente importante para as empresas jovens, uma vez que o dinheiro poupado pode impulsionar a expansão dos negócios. Então neste weblog vamos entender o que é Planejamento Tributário para Novos Negócios e descobrir por que ele é tão importante. Também veremos algumas estratégias de planejamento tributário que podem ajudar seu novo negócio a prosperar. Vamos mergulhar!

Entendendo o planejamento tributário para empresas

Todo mundo quer minimizar suas obrigações fiscais e as empresas não são diferentes. O Planejamento Tributário para Empresas é o processo que as ajuda a organizar sua estrutura financeira para que tenham que pagar o mínimo de impostos legalmente possível. Essa estruturação inclui a avaliação de custos, lucros, operações, investimentos, ativos, passivos e outros aspectos para otimizar estrategicamente a carga tributária international. As empresas são importantes para o desenvolvimento de um país. Contribuem para o progresso económico e criam emprego. O governo reconhece a sua importância e oferece incentivos e vários benefícios fiscais para incentivar o crescimento dos negócios.

De acordo com a Lei do Imposto sobre o Rendimento, as empresas podem beneficiar de muitas disposições, tais como deduções para despesas de capital, incentivos às exportações, tratamento fiscal favorável para certos tipos de rendimento e muito mais. A jogada mais inteligente para novos negócios é iniciar o planejamento tributário desde o início. Os primeiros meses e anos são importantes e os impostos podem ter um enorme impacto nos resultados financeiros.

Por que o planejamento tributário é essential para startups?

  • Em primeiro lugar, o planejamento tributário garante que sua empresa esteja em conformidade com a lei. Administrar uma empresa já é bastante desafiador, então a última coisa que você precisa é lidar com o departamento de imposto de renda.
  • Em segundo lugar, o planejamento tributário ajuda a economizar dinheiro, o que ajuda nos resultados financeiros, o que é importante nos primeiros anos de qualquer startup.
  • Novas empresas muitas vezes procuram investidores para um crescimento mais rápido. Os investidores observam atentamente como uma empresa administra seus impostos, portanto, ter um bom plano tributário pode tornar as startups mais atraentes para eles. Se os investidores acreditarem que uma empresa está administrando bem suas finanças, é provável que vejam isso como uma grande oportunidade.
  • O planejamento tributário também torna as empresas mais eficientes. Ao economizar impostos, eles podem alocar mais recursos para áreas como expansão, advertising and marketing e desenvolvimento de produtos.
  • Alguns benefícios fiscais podem ser aproveitados se uma empresa investir em pesquisa e desenvolvimento. Isto não só os ajuda a poupar impostos, mas também promove a inovação e o crescimento a longo prazo.
  • Os primeiros anos podem ser decisivos para as startups, por isso elas precisam de cuidado e atenção extras inicialmente. É por isso que o Planejamento Tributário para startups é essential nesta fase, pois as ajuda a cumprir as regras enquanto colhem benefícios. Consultar antecipadamente um planejador tributário pode ser uma das decisões mais inteligentes que se pode tomar, pois garante uma navegação tranquila e a sustentabilidade do negócio.

Leia também: Melhores planos e esquemas de investimento para economia de impostos

Estratégias de planejamento tributário para pequenas empresas

Agora, vamos dar uma olhada em algumas estratégias de planejamento tributário que os proprietários de pequenas empresas podem usar para reduzir legalmente suas responsabilidades –

Escolhendo a estrutura de negócios certa

Diferentes estruturas empresariais têm diferentes implicações fiscais. Por exemplo, a propriedade unipessoal de uma empresa significa que o proprietário particular person é pessoalmente responsável pelos impostos. Por outro lado, numa parceria, todos os parceiros partilham as responsabilidades fiscais. Se optar por uma empresa, poderá enfrentar dupla tributação, o que significa que não só terá de pagar o imposto sobre as sociedades, mas como acionista também terá de pagar impostos sobre os dividendos que ganha. Existem muitas estruturas que uma empresa pode adotar, como parcerias de responsabilidade limitada (LLPs), sociedades anônimas e empresas individuais (OPC). É preciso entender como funciona cada estrutura e quais são suas implicações tributárias.

Manutenção de registros e documentação

Uma empresa tem muitas despesas, por isso é importante controlar todas elas. Da mesma forma, é importante manter registros precisos de suas receitas, faturas e recibos. Manter registros financeiros detalhados não apenas ajuda a reivindicar deduções fiscais, mas também a compreender e gerenciar sua saúde financeira geral. Esta documentação pode facilitar muito o processo de declaração de impostos e também ajudá-lo a reivindicar as deduções aplicáveis.

Leia também: O que são Planejamento Tributário, Evasão Fiscal e Elisão Fiscal?

Aproveitando créditos e deduções fiscais

Existem muitas deduções na Lei do Imposto de Renda das quais uma pequena empresa pode se beneficiar. Essas deduções promovem o crescimento econômico do país, o investimento e o cumprimento da regulamentação. Você precisa ter um conhecimento profundo do código tributário para poder identificar quais deduções se aplicam ao seu negócio. Aqui estão alguns benefícios disponíveis sob a Lei de TI –

  • Se você trabalha por conta própria e usa sua casa para fins comerciais, pode solicitar uma dedução e economizar alguns impostos sobre aluguel, contas de serviços públicos, manutenção, and so forth.
  • Você pode reivindicar uma dedução para doações de caridade de acordo com a Seção 80G. Permite deduções para contribuições feitas a organizações de caridade elegíveis, e o valor da dedução varia de 50% a 100% do valor que você doa.
  • Você pode reivindicar Crédito de Imposto sobre Insumos (ITC) sob o regime de Imposto sobre Bens e Serviços (GST). Isso permitirá que você reivindique crédito pelos impostos pagos em suas compras contra os impostos cobrados em suas vendas.
  • Na Seção 30-37, você encontrará deduções para despesas incorridas com negócios ou profissão. Isso inclui deduções de aluguel, salários, reparos, seguros e outras despesas diretamente relacionadas ao funcionamento do negócio.
  • Você também pode economizar em impostos deduzindo os rendimentos tributáveis ​​​​na rubrica “rendimentos de outras fontes”.
  • Se a sua empresa estiver envolvida em exportações, você poderá se beneficiar das deduções nas Seções 10A, 10AA e 10B.
  • Se decidir investir em atividades de Investigação e Desenvolvimento, pode solicitar uma dedução ao abrigo da Secção 35.
  • Se você deseja fazer investimentos, pode aproveitar as opções de economia de impostos, como Esquemas de Poupança Vinculados a Ações (ELSS), Novo Esquema de Pensões (NPS) e Planos de Seguros Vinculados a Unidades (ULIP) para aproveitar as deduções sob a Seção 80C .
  • Uma empresa também pode tirar partido das disposições relativas à depreciação, indicadas na Secção 32. Ativos como edifícios, máquinas, veículos e até patentes e marcas registadas podem perder valor ao longo do tempo devido ao desgaste ou obsolescência. Você pode reivindicar a depreciação de quaisquer ativos usados ​​para fins comerciais.

Existem muitas dessas deduções disponíveis na Lei de TI, portanto, manter-se informado sobre as leis tributárias pode ajudá-lo a economizar muito para seu novo negócio.

Planejamento Tributário Trimestral

Fazer seu planejamento tributário a cada três meses pode parecer entediante, mas pode ser vantajoso. Isso forçará você a avaliar regularmente seu desempenho financeiro e lhe dará tempo para ajustes. O planejamento tributário common também ajuda você a estimar com precisão seu passivo fiscal anual e ajuda a reduzir o estresse e a carga de trabalho durante a movimentada temporada fiscal, porque, sejamos realistas, ninguém gosta de lidar com o estresse de última hora relacionado aos impostos.

Colaborando com um profissional tributário

É seguro dizer que o proprietário de uma empresa tem muitas tarefas a qualquer momento, mas o planejamento tributário é apenas um daqueles aspectos do negócio que são melhor gerenciados com ajuda profissional. Um planejador tributário certificado tem anos de experiência e conhece os meandros do mundo tributário de uma forma que as pessoas normais não conhecem. Eles podem orientá-lo através das diversas leis tributárias, mantê-lo atualizado sobre as mudanças e ajudá-lo a aproveitar as oportunidades de economia fiscal à medida que surgirem. Com um planejador tributário para cuidar de suas obrigações fiscais, você estará livre para cuidar das situações que exigem sua atenção para que possa se concentrar no crescimento e desenvolvimento de seu novo negócio na essential fase inicial.

Conclusão

Agora você entendeu o significado do planejamento tributário e seus benefícios, e viu as estratégias que pode adotar para minimizar suas obrigações fiscais. Embora você certamente possa arcar com os impostos por conta própria, descobrirá que um consultor tributário pode ser um aliado poderoso em seu empreendimento. Quando você inicia um pequeno negócio, sem dúvida as despesas aumentam. Alguns empresários veem os planejadores tributários apenas como mais uma despesa, mas não poderiam estar mais errados. Você tem que ver um planejador tributário como um investimento, e muito sábio nisso. Suas percepções e orientações especializadas podem realmente levar seu negócio ao próximo nível. Se você já tem um negócio, mas ainda não aproveitou totalmente o planejamento tributário profissional, tudo bem. Mesmo que o melhor momento para fazer seu planejamento tributário tenha sido ontem, o segundo melhor momento para começar é agora.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 6 =